fbpx

A Roda Dianteira foi até Santiago de Compostela - Abril 2019

Peregrinação Roda Dianteira BTT até Santiago de Compostela em Abril de 2019 ( - FINISTERRA).

Saída no dia 25 de Abril da Sé do Porto e chegada no dia 27 de Abril a Santiago de Compostela. Uma autêntica aventura onde imperou o espírito de camaradagem que é uma das bases da nossa equipa.

Noprimeiro dia fizemos 110 km, quando chegamos a Ponte de Lima apesar de já acusarmos algum cansaço decidimos transpor a Serra da Labruja. A decisão de avançar não foi fácil mas ultrapassar esta serra no primeiro dia fez com que o resto do percurso parecesse mais fácil.

Os Peregrinos da Roda Dianteira:

Bruno Abrantes

Bruno Cunha

Hugo Moreira

Hugo Poiares

Marco Ferreira

Sérgio Moreira

A peregrinação foi uma autêntica aventura, com desafios que superámos, algumas dores, quedas, avarias mas sempre com o objectivo na mente, chegar a Santiago e desfrutar da peregrinação e das paisagens. O convívio com os outros peregrinos com que nos fomos cruzando tornou a peregrinação muito mais rica e divertida.

O momento da chegada à Praça do Obradoiro foi fantástico, à nossa espera estavam, a Anabela Cunha, a Isabel Pereira, a Joana Cruz, a Lídia Antunes e a Sandra Poiares elementos da Equipa Roda Dianteira BTT que nos acompanharam durante a peregrinação e nos ajudaram a chegar.

Após a chegada a Santiago de Compostela celebrámos e festejámos. O dia seguinte foi dia de regressar a Coimbra, a viagem fez-se calmamente pela zona de Baiona e Vigo. O Hugo Moreira continuou sozinho como tinha definido no início desta aventura a peregrinação até Finisterra.

O Caminho de Finisterra é realizado pelos peregrinos que, depois de chegarem a Santiago de Compostela, pretendem conhecer o “Fim da Terra”, ou como alguns lhe chamam “A Costa da Morte”. No entanto, os motivos que levam os peregrinos a ir a Finisterra são os mais diversos, embora os mais referidos sejam o “queimar” as roupas velhas, num significado de renovação ou de vida nova e por outro lado é o peregrinar até ao final da terra.

Finisterra está situada nos confins do velho continente num dos pontos extremos da Europa, e é considerada uma terra mágica e cheia de tradições. Desde os Celtas que o hábito de peregrinar era um facto e a viagem que diariamente o sol realizava indo de oriente para ocidente e submergindo nas águas do oceano e renascendo no dia seguinte, significava o renascer da vida.

O caminho até Finisterra fez-se com tranquilidade e na terça feira a bandeira da nossa equipa foi erguida junto ao mar. Quarta feira foi o dia do regresso e que grande aventura, primeiro de Finisterra até Santiago de autocarro, foi necessário retirar a roda da frente da bicicleta, depois comboio de Santiago até Vigo, mais um comboio de Vigo até ao Porto e finalmente outro comboio do Porto até Coimbra. Neste último trajecto um furo na roda da frente obrigou o Hugo Moreira a ir da estação de Coimbra B até casa (Arreiro) num belo passeio a pé com a sua burra...

Venham mais aventuras....Queres vir? Junta-te a nós...

Ficam alguns registos em fotografia.

 

 

pubPAEGFV